today777 oficial -A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que irá investigar os atos golpistas de 8 de janeir

CPMI dos atos golptoday777 oficial -istas de 8 de janeiro é oficializada

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que irá investigar os atos golpistas de 8 de janeiro foi formalmente criada. A confirmação veio na tarde desta quarta-feira (26),today777 oficial - quando o presidente do Senado e do Congresso, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), leu em plenário o requerimento para abertura das investigações. Os partidos, agora, se organizam para os próximos passos.

Continua após publicidade

A CPMI terá 32 parlamentares titulares, sendo 16 deputados federais e 16 senadores, além de 9 suplentes de cada casa. A distribuição dessas vagas seguirá a proporcionalidade dos partidos, federações e coligações. O cálculo ainda não foi fechado e não foi divulgado prazo para que isso aconteça.

Deputados e senadores terão de entrar em acordo para definir qual casa indicará o presidente da CPMI e o relator. O Senado ficará com um dos cargos; a Câmara, com o outro. São duas posições-chave, já que uma (presidência) determina o ritmo dos trabalhos; e a outra (relatoria), a linha que será adotada na investigação.

Após essas definições, será agendada a primeira sessão da Comissão, que contará com as eleições internas para cada um dos cargos. Está previsto inicialmente um período de trabalho de 120 dias para a CPMI, mas esse período pode ser prorrogado por mais 60 dias. O resultado final é um relatório, que será encaminhado aos plenários das duas casas legislativas, e pode ser enviado também ao Ministério Público, que pode acionar a Justiça contra os investigados.

Aposta do bolsonarismo

A criação da CPMI foi uma aposta do entorno do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em busca de uma narrativa paralela sobre os episódios de 8 de janeiro e tudo aquilo que aconteceu antes, culminando com os ataques, na tentativa de desestabilizar o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Leia mais: O golpismo bolsonarista: do bloqueio das estradas às consequências dos ataques de 8 de janeiro

A posição do governo petista era de tentar desmobilizar a criação da Comissão, que pode tirar o foco de projetos prioritários que precisam ser debatidos no Congresso. No entanto, isso mudou depois da última semana, depois que a CNN Brasil divulgou imagens até então inéditas do dia dos ataques.

As gravações mostraram o então ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Gonçalves Dias, circulando pelo Palácio do Planalto no dia 8 de janeiro, horas depois do início do quebra-quebra bolsonarista. A divulgação das imagens fez com que Gonçalves Dias deixasse o governo.

Edição: Thalita Pires


Relacionadas

  • Bolsonaro depõe na Polícia Federal sobre atos golpistas nesta quarta-feira

  • 8 de janeiro: Imagens do Planalto expõem poucos PMs, intimidação a jornalistas e Lula indignado

  • Edição de vídeo da CNN ajuda bolsonarismo em narrativa paralela sobre 8 de janeiro

BdF
  • Quem Somos

  • Parceiros

  • Publicidade

  • Contato

  • Newsletters

  • Política de Privacidade

Redes sociais:


Todos os conteúdos de produção exclusiva e de autoria editorial do Brasil de Fato podem ser reproduzidos, desde que não sejam alterados e que se deem os devidos créditos.

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.cc777sitemap